Como remover o WebDiscover Browser

Atualmente, o malware em navegadores é tão comum que já merece uma disciplina especial nas escolas, capaz de ensinar os alunos a evitar este problema. Algumas destas pestes exibem imensos anúncios online, enquanto outras dedicam-se ao redirecionamento do tráfego web. O programa malicioso WebDiscover Browser faz as duas coisas. Adiciona uma barra de pesquisa ao topo do ambiente de trabalho do Windows, a qual promove um serviço web iníquo, misturado com informação patrocinada.

O que é o vírus WebDiscover Browser?

O WebDiscover Browser é uma aplicação irritante para o Windows que reduz a amplitude do método de pesquisa na internet das suas vítimas, fazendo com que esta fique por padrão vinculada a um serviço que pouco tem a oferecer. Quando instalada – normalmente sem o consentimento e conhecimento do utilizador –, acrescenta uma barra de pesquisa no topo do ambiente de trabalho. À primeira vista, este painel de navegação parece disponibilizar uma funcionalidade de pesquisa web sem que, para isso, o utilizador tenha de abrir uma página no navegador. Algumas pessoas podem achar este recurso útil, mas as desvantagens desta aparente serventia rapidamente arruínam a experiência do utilizador. Antes de mais, qualquer busca feita nesta barra aciona o Chrome, onde os resultados são apresentados através de um serviço cuja segurança é no mínimo questionável.

O editor do WebDiscover Browser descreve o aplicativo como a melhor coisa

Percebe-se de imediato que a jogada do WebDiscover Browser é impingir o seu próprio motor de busca. Este encontra-se hospedado em search.ydserp.com. A página principal não é de todo pormenorizada – apresenta apenas uma caixa de pesquisa e alguns links para subseções, como a página de contatos e a Política de Privacidade. Tudo o que escrever nesta área acaba por ser pesquisado no Bing. Eis o resumo destes serviços: a barra de ferramentas, afixada no ambiente de trabalho, abre o Chrome e encaminha os pedidos para um pseudo provedor inútil em search.ydserp.com (o URL apresenta normalmente “wd_xt” como sufixo). Todas as palavras-chave introduzidas subsequentemente redirecionam o utilizador para o Bing, o motor de busca da Microsoft. Não faz sentido, certo?
Contudo, é precisamente este o método usado pela maioria das campanhas de monetização com base em tráfego malicioso. Tudo se resumo à criação de tráfego web, vendendo-o a publicitários e a outras partes interessadas que possam surgir. Aquilo que temos, entre as várias etapas, é um grupo de hosts a montar sub-repticiamente um esquema fraudulento, onde as visitas dos utilizadores são emuladas enquanto parte integrante de um sistema de malvertising em grande escala.

Search.ydserp.com, the rogue search engine propped by WebDiscover Browser virus

Existe outro pormenor em relação ao WebDiscover Browser, o maior ponto negativo desta aplicação. A homepage do suposto motor de busca, quando aberta, emite um sinal de alerta. O navegador exibe um aviso relacionado com “Conteúdo inseguro bloqueado”, afirmando que “A página tentou carregar scripts de fontes não autenticadas”. Se permitir a execução destes scripts, ser-lhe-á apresentada publicidade em ícones de grandes dimensões, que o encaminham para serviços populares como Facebook, Booking.com, TripAdvisor, Best Buy, Walmart e Verizon. Claro, quando este adware opera dentro dum sistema, abre reiteradamente o navegador, já com estes scripts ativados, carregando-os automaticamente sem qualquer notificação. Isto representa um potencial risco para a privacidade, permitindo também a exibição de publicidade encapotada.

O vírus WebDiscover Browser imiscui-se no PC com uma tática dúbia. O seu inescrupuloso criador aposta na criação de pacotes freeware para manipular os utilizadores, fazendo com que estes descarreguem e instalem o produto controverso. Alguns destes duvidosos clientes de instalação tentam imitar a configuração do Adobe Flash Player, processadores de texto tipo Bloco de Notas, ferramentas de melhoramento de multimédia, descarregadores de vídeos, cracks para aplicações, ferramentas para atualizar drivers, etc. Os assistentes de instalação destas ferramentas, após um olhar mais detalhado, poderão recomendar o WebDiscover Browser como extra. Como tal, ao estar de acordo com a opção de instalação Expressa, poderá ser vítima deste programa malicioso. É por isso que deve ser dada prioridade a um modo personalizado ou avançado de instalação durante estas instalações. Permite-lhe ver aquilo que lhe está a ser impingido, podendo cancelar essas opções. Se este esquema o apanhou e se o vírus da barra de ferramentas WebDiscover Browser está inculcado no seu computador, eis o que deve fazer para acabar com ele totalmente.

Remoção automática do vírus WebDiscover Browser

O extermínio do vírus WebDiscover Browser pode ser eficientemente alcançado com um software de segurança fidedigno. Apostar numa técnica automática de limpeza garante que todos os componentes da infeção são eliminados totalmente do seu sistema.

  • Descarregue o serviço de segurança recomendado e verifique o seu PC à procura de objetos maliciosos ao selecionar a opção de Iniciar Verificação do Computador (Start Computer Scan)

Baixar Removedor do WebDiscover Browser

  • A verificação mostrará uma lista de itens detetados. Clique em Consertar Ameaças (Fix Threats) para que o adware seja removido do seu sistema. Concluir esta fase do processo de limpeza provavelmente fará com que elimine completamente a infeção. Contudo, ter a certeza de que o malware desapareceu totalmente poderá ser uma boa ideia.

Remover o WebDiscover Browser utilizando a Remoção do Painel de Controlo

  • Vá ao Painel de Controle no menu Iniciar do Windows. Vá para Programas e Recursos (Windows 8), Desinstalar um programa (Windows Vista / Windows 7) ou Adicionar ou remover programas (Windows XP)
  • Procure por WebDiscover Browser na lista de programas instalados. Clique na opção Desinstalar para que o intruso seja removido caso detetado

Remoção do vírus WebDiscover ao redefinir o navegador afetado

Por favor tome em consideração que, apesar de eficaz, o procedimento de restaurar o navegador para as definições de fábrica fará com que perca informação como passwords guardadas, favoritos, histórico, cookies, etc. No caso de não ter a certeza se esta é a opção mais apropriada, apesar da sua óbvia eficácia, é aconselhado seguir um dos métodos de remoção descritos nas seções anteriores deste tutorial.

Restaurar o Chrome

  • Clique no ícone de menu do Chrome e selecione Configurações.
  • Quando a janela de Configurações abrir, procure pelo link que diz Mostrar Configurações Avançadas e clique nele.
  • Clique então no botão Redefinir Configurações.
  • Para garantir que você saiba sobre as conseqüências da redefinição, o Chrome irá exibir uma notificação sobre as configurações e dados que serão perdidos. Leia a notificação e clique em Redefinir caso você concorde.
  • Reinicie o Chrome.

Restaurar o Firefox

  • Abra o Firefox, vá a Ajuda e selecione Dados para suporte.
  • Localize a subseção intitulada Restaurar o Firefox ao estado inicial e clique no botão Restaurar o Firefox para prosseguir.
  • Reinicie o Firefox.

Restaurar o Internet Explorer

  • Selecione Opções da Internet em Ferramentas no IE.
  • Selecione a guia Avançado, na tela Opções da Internet, e clique no botão Redefinir.
  • O navegador irá mostrar uma caixa de Redefinir Configurações do Internet Explorer. Revise os pontos sobre a redefinição. Ative a opção que diz Excluir configurações pessoais e clique no botão Redefinir, como mostrado na imagem.
  • Reinicie o Internet Explorer.

Verifique se o vírus WebDiscover foi totalmente removido

Para ter a certeza, aconselha-se repetir o processo de verificação no sistema automático de segurança a fim de garantir que não existem elementos remanescentes deste adware no Registo do Windows e noutras localizações do sistema operativo.

Baixe o verificador e removedor do WebDiscover Browser